11 de ago de 2011

SIM A UMA FÉ SAUDÁVEL!!!


É gratificante ver uma pessoa crescer e abrir seus olhos, ver alguém que aprende a andar com as próprias pernas, ver alguém que por muito tempo viveu na dependência de outros, mas que agora já sabe fazer escolhas.
Em contra partida é muito triste ver uma pessoa que se deixa enganar mais um pouco, que se permite acreditar em promessas de mudanças, em falas melosas e em planos salvadores, e isso logo quando o manipulado estavam quase se emancipando de suas ilusões.
Onde isto se aplica? Se aplica a todos os segmentos da vida, trabalho, família e principalmente na religião, onde acontecem os maiores abusos e manipulações, neste último ambiente as pessoas enganadas e iludidas sofrem, sempre na esperança que algo mude, crêem que a sua oração pode substituir a iniciativa de arrependimento que deve vir unicamente de quem os ilude.
Assim sendo o que ocorre é um processo continuo e longo de frustração-esperança-redescoberta e novamente frustração. Como funciona?
(1) O Manipulado se deprime por que entende que a proposta não é condizente ou mesmo é contraditória as práticas.
(2) Inicia um processo de racionalização/espiritualização, ou seja o que esta acontecendo é “pontual”, é “mal-entendido” ou é resultado de “opressão”, o que o manipulado não percebe é que esse processo manipulatório obedece os planos e os valores do manipulador.
(3) Apos a racionalização/manipulação se instalar começa um longo período de “rituais de purgação” tanto de si como da própria instituição sem que com isso se identifique a verdadeira causa, a saber, as intenções escusas da liderança, estes rituais vão desde longas campanhas de intercessão até outros elementos mais elaborados.
(4) Uma vez que nada muda, o manipulado entra no desanimo, contudo já começa a reconhecer que talvez tenha que considerar que mudança de ares, algo difícil tendo em vista a dependência emocional e institucional. Esse processo é demorado, e doloroso.
(5) Tão logo a liderança manipuladora perceba que o descontentamento chegou a níveis perigosos, e que as suas “peças” começam a considerar alternativas radicais, promove-se por parte dos manipuladores um simulacro de mudança, com novas propostas, novos planos, tudo com o intuito de reverter o descontentamento, quem é Manipulado imediatamente vê nestes movimentos uma resposta divina aos seus “rituais de purgação”, esta neste momento restabelecido a relação de dominação- manipulação religiosa.
Esta relação doentia pode levar anos, talvez décadas, quanto não a vida toda. Não são poucas as pessoas que nunca sairão disto, ele é lucrativo para seus “donos” caso tenham muita gente sobre seu comando serão capazes de movimentar quantias formidáveis de recursos, algo que o trabalho honesto nunca lhes daria.
A solução? Coração aberto por parte dos Manipulados para o evangelho que liberta. Fé nas Boas Novas e ceticismo em relação as promessas de cunho humano-mercadológico, e o mais difícil, coragem para fazer as escolhas que mudem a dinâmica do dia-a-dia, mas que são essenciais para uma vida plena na Graça do ETERNO.
“…Saí do meio dela, ó povo meu, e salve cada um a sua vida do brasume da ira do SENHOR…”
 Jeremias 51:45 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...