22/12/2008

Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, nem surdo o seu ouvido. Mas...

No sul do Brasil existe uma cidade chamada Chui, esta é caracterizada por sua bi-nacionalidade, uma vez que esta na fronteira de dois paises o Brasil e o Uruguai. A chegada a essa cidade é possível através de uma rodovia que cruza uma reserva ecológica, uma área alagada. Há muitos anos atrás essa cidade, sofria com o isolamento, tendo em vista que a estrada que integrava esse povoado ao resto do Brasil ficava obstruída pelas chuvas, o resultado era que os moradores do vilarejo deslocavam-se em direção ao Uruguai e de lá traziam seus mantimentos. Por anos a consciência e a identidade das pessoas que ali moraram seriam profundamente marcadas por esse fato. Eles eram brasileiros de fala e costumes castelhanos, tudo por conta de uma estrada que estava obstruída.
A espiritualidade de alguns cristãos é parecida com a vida dos moradores Chui, estão integrados no corpo e pertencemos a uma nação, no entanto por viverem em uma fronteira estão sujeitos as influências de outro país. Isso não acontece por que não existe uma estrada, uma via de comunicação desses com a sua nação, no caso o céu. O isolamento acontece por que a estrada é precária, é rasa, e passível de obstrução, afinal algumas pessoas destas investem mais no vinculo com o materialismo e com o mundo e menos com a sua integração com o Céu. O resultado é que toda vez que sopram os ventos e caem as torrenciais chuvas essas pessoas se encontram isoladas do corpo, sem o suprimento do céu. Se o caminho que nos liga a Deus é Jesus, a trilha que nos mantém comunicados com o seu reino é a oração. Ela é a garantia do recebimento de suprimento, ela é um elemento na formação da nossa cidadania. A oração é a via de integração com Deus, é o circuito de comunhão com o filho. Permitir que essa via seja obstruída pelo “mau tempo ou pela falta de tempo” é permitir que ocorra a obstrução da via comunicativa com o céu. Mas é importante saber, nunca é de Deus a iniciativa de fechar a estrada, uma vez que ele diz através de Isaias (59.1,2)“...Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus... encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...